fbpx
Agende sua consulta: (17) 3232-1544 | 99153-9837

Conheça os erros que comprometem a luta contra a obesidade

Conheça os erros que comprometem a luta contra a obesidade

A obesidade é uma doença relacionada a muitas causas e, por isso mesmo, de tratamento lento e multidisciplinar. Pode estar ligada a distúrbios alimentares, ao sedentarismo, a disfunções hormonais e, por trás disso tudo ainda, à herança genética. Assim, o desafio é grande. Mas há erros que podem comprometer o trabalho de redução de peso. Vamos conhecer alguns deles.

A alimentação desequilibrada é um dos principais fatores relacionados à obesidade. Quando este comportamento está associado ao excesso de peso, tona-se necessária a reeducação alimentar. Tudo começa estabelecendo um limite máximo de calorias consumidas diariamente. É recomendável procurar um bom nutricionista para elaborar um cardápio individual.

Qualidade dos alimentos

Além disso, é equivocado ficar dentro das calorias previstas para o dia, mas com alimentos de valor nutricional nulo. Gorduras e açúcares são os grupos mais presentes na alimentação do paciente com obesidade. Aprender a montar um prato colorido, com muitas frutas, legumes e verduras, e uma parcela menor de carboidratos e proteínas faz parte da reeducação alimentar.

Atividade física

Mas não adianta mudar os hábitos alimentares e continuar com o sedentarismo. Exercícios são uma das principais estratégias terapêuticas não medicamentosas para combater a obesidade. Atualmente, a atividade física vale como um remédio. O método mais eficaz para perder peso é combinar aeróbios, como a caminhada, com exercícios resistidos, como a musculação.

Psicológico

Importante também lidar com as disfunções emocionais. Grande parte dos pacientes sofre de ansiedade, estresse e outros problemas que podem levar à compulsão alimentar, por exemplo. Por isso, incluir um terapeuta comportamental no tratamento da obesidade pode ser fundamental para alcançar o sucesso.

E não vale recorrer a outros hábitos que deem sensação de prazer para o lugar da comida que deixou de ser ingerida. Fumar, por exemplo. Nem retomar os erros do passado após perder peso. O bom é quando as práticas saudáveis entram de vez na vida da pessoa. Assim, o tratamento vira algo permanente e consistente.

Por Anderson Firmino
Portal Terra

Fechar Menu
WhatsApp chat